Primeiramente antes de aprender a lidar com as suas sombras, você sabe o que são elas? As sombras são todas as suas partes que você, de alguma forma, rejeita e tenta afastar.

São traumas, aspectos, características, sentimentos, pensamentos e acontecimentos que você rechaça. Esse movimento de repelir partes suas acabam criando essa “massa” escura que te assombra.

As sombras são uma parte de você que se separou de seu consciente por vergonha, trauma ou medo e, até que seja reintegrada em você, irá minar, sabotar e entrar em conflito com seus desejos conscientes e sentimentos positivos.

Ela é fácil de reconhecer, tenho certeza que lendo essas palavras você começou a pensar em algumas coisas que têm guardado embaixo do tapete nos últimos anos.

Primeiramente você precisará olhar para essa massa. Encare de frente seus monstros internos. A sombra deve primeiro ser vista e reconhecida sem culpa ou julgamento. Se preferir, anote tudo o que encontrar aí dentro de você que te machuca ou te incomoda.

Só o movimento de desenvolver seu olhar analítico para entender, observar e evidenciar suas dores já será um grande avanço no seu crescimento pessoal. Portanto, comemore cada etapa de sua jornada.

Acima de tudo, passe a ver esse processo com carinho, abrace suas feridas e permita que elas se curem. Sua história de dor pode ser ouvida e sentida. Emane mensagens positivas para você mesmo de que tudo isso já passou e agora você está seguro, mais forte e experiente.

Então, a compreensão e o perdão trarão cura e, finalmente, reintegração ao seu eu. Não lute contra suas sombras. Aceite e acolha cada uma delas, mas se precisar de ajuda, conte com um Arcanjoterapeuta para te auxiliar nesse processo.

Você também pode gostar: