Falar sobre esperança é quase entendido como falar sobre fé, crenças e pensamento positivo. Como é possível termos mais esperança e permanecermos confiantes quando estamos passando por momentos difíceis e desafiadores?

A concorrência profissional, a falta de dinheiro, os problemas familiares, as doenças, enfim, vivemos atormentados, estressados e, muitos, acabam por ficar desnorteados.

Muita gente acaba vencida pelo desânimo e vai perdendo a esperança de dias melhores, diante das dificuldades que precisam administrar em seu dia a dia.

Os sofrimentos são muitos e há momentos em que os questionamentos ganham força e influenciam diretamente nossa vida.

O que fazer quando você olha para trás e tem a sensação de que fez tudo errado e ninguém mais acredita em você? Ou pior, quando até você deixou de acreditar em si mesmo? Essas inúmeras perguntas têm a mesma raiz, falta de esperança e de fé.

Somente quando mudamos nossas perspectivas, e encontramos nossa força é que, de alguma forma, conseguimos acreditar que dias melhores virão, de que aquilo tudo vai passar e que, apesar de não existir nenhum indício visível, as coisas mudarão para melhor.

Você precisa voltar a acreditar no seu potencial, na sua capacidade de amar, de superar, dar mais um passo na direção dos seus sonhos.

Mesmo que hoje você esteja sem esperança, levante a cabeça, acredite em si e deixe-se conduzir pela força do bem que habita sua alma. Nesse processo de vida nova, procure não culpar ninguém! Lembre-se de que nós somos pessoas livres e o que nos acontece é resultado de nossas escolhas. 

Procure reconstruir sua história sempre a partir da verdade. Não é fácil mudarmos a forma de pensar e agir, mas é importante lembrar que é possível.

O que é?

A esperança é um sentimento, um dado da consciência, algo que se sente, mas que também acontece no corpo. A esperança é um afeto da mesma espécie da alegria. De acordo com a teoria dos afetos de Baruch Spinoza, os afetos são tudo aquilo que aumenta ou diminui a potência de viver.

A esperança normalmente surge em cenários desfavoráveis, e por isso a esperança pode gerar uma inação na pessoa que fica esperando por alguma coisa, alguma melhora.

Quando a esperança acompanha uma ação, ela passa a ser uma certeza. Se você pode realizar o seu desejo, você age e não espera. A esperança tira a intensidade da vida se não for acompanhada de ação. 

Pois a felicidade é o alinhamento entre o corpo e a mente num mesmo instante.

A esperança é necessária para um sentimento amoroso e reconfortante como uma pantufa no inverno. Permita-se, às vezes, tê-la por perto. Mas quando a esperança estiver na sua frente, use-a para retomar suas forças, mas nunca dependa dela.

Esperança é essa resposta, ou melhor, essa certeza que temos em nosso coração que tudo passa e no final, tudo ficará bem. É a crença misturada com uma visão positiva de vida, de que somos merecedores de coisas boas e elas virão.

A esperança também se trata de mudar a perspectiva, poder levantar os olhos acima da situação e dos tempos difíceis e olhar adiante. Mudando o obstáculo como um obstáculo e não como um bloqueio impossível de ser superado. Anime-se e se esforce.

A esperança não pode ser só acreditar em algo melhor. Mas também agir. Introduza uma nova perspectiva sobre a vida. Elevando sua consciência e potencial e entendendo que sua força de superação é maior e que você é capaz de conquistar tudo o que desejar.

Você também pode gostar: